publicidade

No duelo de Dudas, vence a amizade


Uma delas é da cidade de Pouso Redondo


Escrito em 30/08/2017


Não é incomum que as pessoas que se chamem Maria Eduarda sejam tratadas por Duda. Também não é incomum haver rivalidade num esporte como tênis de mesa e os mesmos adversários decidirem o título em quase todas as competições. A raridade fica por conta da amizade com que duas mesatenistas mantêm, tanto que chega a dar rima: uma tem o sobrenome Magagnin, é de Pouso Redondo, da Escola Professora Anair Margarida Voltolini; a outra é Comin, é de Videira, do Colégio Superação/Unoesc. Ambas treinam três horas por dia, têm 13 anos e começaram a participar de campeonatos de tênis de mesa aos 10.

Elas contam que se conheceram no campeonato estadual de 2015 e que a amizade foi se fortalecendo, a ponto de se telefonarem com frequência para trocar ideias sobre vários assuntos, mas, em especial, sobre a modalidade que praticam. Perguntadas sobre quantas vezes se confrontaram em competições, não souberam precisar, mas concluem que pode chegar a umas 30. “Acho que os confrontos foram bem equilibrados: metade pra cada uma”, destacou Maria Eduarda Magagnin.

Possuidoras de muita qualidade técnica, a decisão do feminino nos Jesc foi bastante competitiva. Desta vez, deu a Magagnin, com 3 sets a 1 sobre a xará.

“Fico chateada porque não gosto de perder, mas não muda a amizade. O esporte aproxima as pessoas, então, além de jogar, fazer amizades é muito importante. E é com essa amizade que estaremos nos JEJs de Curitiba representando Santa Catarina”, completou Duda Comin.

Os Jesc/12-14 ainda seguem até o final deste domingo, 27, com a modalidade de basquete. O evento tem a promoção do Governo do Estado, por intermédio da Fesporte, em parceria com a Agência de Desenvolvimento Regional local e o Município de São Bento do Sul.

Fonte: Heron Queiroz/Assessoria de Imprensa da Fesporte
Publicidade
Publicidade
Publicidade