publicidade

ATEMEPRE é destaque em especial da Fesporte


Fundação realiza uma série de reportagens com projetos esportivos de sucesso em Santa Catarina


Escrito em 26/04/2021


Imagine uma cidade com 17 mil habitantes que em um belo dia viu um professor de educação física criar do nada, ou seja, sem estrutura nenhuma, um projeto social de tênis de mesa? A ação, inicialmente, visava identificar atletas que pudessem representar o município na Olimpíada Estudantil Catarinense (Olesc) de 2007.

Imaginou? E se esse professor nunca jogou a modalidade? Ou seja, nunca teve experiência como atleta de tênis de mesa? Qual a possibilidade deste projeto dá certo? Em um pensamento racional diria-se que o fracasso seria tão cristalino quanto a soma de um mais um ser dois. Mas, contra todas a probabilidades, o professor provou que é possível reverter a ordem das coisas e não só criou o projeto em condições adversas como o transformou em referência para o Estado de Santa Catarina.

O nome do professor é Vinícius Grünfeldt. Ele criou o projeto Associação Tênis de Mesa Pouso Redondo (Atemepre). Se no início não tinha local para treinar, nem raquete, nem mesa, o projeto tem hoje inúmeros atletas revelados no Estado, alguns, com passagens por seleções brasileiras de base desfilam seus talentos no amplo espaço do centro de treinamento do projeto, espaço alugado no centro da cidade, com mais de mil metros quadrados.

Há ainda ações de tênis de mesa em dois núcleos instalados em duas escolas municipais (C.E. Pombinhas e C.E. Dionísio Peluso) que funcionam duas vezes por semana no contraturno escolar. No total são atendidos 160 alunos/atletas com faixa de idade que varia de 6 a 60 anos.

“Ajudar a transformar as pessoas da cidade por meio do esporte. Esse é o objetivo da nossa associação”, ensina Grünfeldt. Ele lembra que nos dois primeiros anos o projeto acontecia inserido na Comissão Municipal de Esportes da prefeitura. A partir de 2009  passou a oferecer aulas de forma voluntária até 2015, quando passou a se dedicar profissionalmente e exclusivamente à modalidade. 

Vinícius lembra que da Olesc de 2007 até hoje, o clube se tornou um grande caso esportivo de sucesso cedendo atletas para as seleções catarinenses, gerando campeões estaduais e brasileiros, líderes de rankings estaduais e nacionais.  “Revelamos talentos para projetos da Confederação Brasileira de Tênis de Mesa como a ‘Detecção Nacional de Talentos’, ‘Diamantes do Futuro’ e principalmente para seletivas das seleções brasileiras de base”. 

E do laboratório de revelações de talentos do projeto para a seleção nacional saiu um dos maiores símbolos da jornada vitoriosa da equipe: Laira Silva, de 15 anos. Laira é a única atleta na história de Pouso Redondo a ser convocada para a seleção brasileira de qualquer esporte, representando o país e conquistando medalhas em competições continentais.

“É uma sensação muito boa competir com atletas de alto nível representando Pouso Redondo. Vou continuar treinando muito para sempre conseguir bons resultados e retribuir todo o incentivo das pessoas que acreditaram no nosso projeto no momento em que mais precisávamos”, agradeceu a campeã.

O sucesso de Laira traz holofote para a força e a participação das mulheres dentro do projeto. Enquanto no país, a média da participação feminina no tênis de mesa é de 20%, no clube ela chega a 50%. E foram com elas as maiores conquistas do Projeto Atemepre. O exemplo é o título geral da Copa Brasil em Brasília em 2019 com uma equipe composta apenas por mulheres.

Ex-atletas também compõem a rotina do trabalho: Leontina Scoz foi uma das principais mesatenistas da Atemepre e hoje é uma das técnicas da equipe, assim como Vanusa Izidorio, antes atleta e hoje fotógrafa do time.

Nas competições da Fesporte, o tênis de mesa de Pouso Redondo já faturou várias medalhas nos Jogos Escolares de Santa Catarina (Jesc), representando Santa Catarina nos Jogos Escolares da Juventude e é o atual campeão da Olesc no feminino. 

Vinícius Grünfeldt  destaca que vários eventos são realizados pelo projeto como o Festival Escolar, que entrega mesas às escolas como forma de incentivar o fomento do esporte. “Em 2020, mesmo na pandemia, com a suspensão das competições, houve um momento de alegria: a bonita história do nosso projeto foi selecionada como capítulo no Livro de Boas Práticas do Conselho Regional de Educação Física de Santa Catarina (Cref/SC). Com o apoio da Prefeitura Municipal e o patrocínio de várias empresas, a cidade tem motivos para se orgulhar de um dos principais clubes do Estado e do país”, finaliza Vinícius Grünfeldt.

Principais conquistas por equipe

2018

2° Lugar no troféu eficiência do Campeonato Estadual
2° Lugar no troféu eficiência da Copa Brasil
Vice-Campeão por equipes feminino da Olesc

2019

2° Lugar no troféu eficiência do Campeonato Estadual
Campeão do troféu eficiência da Copa Brasil
Campeão Geral feminino da Olesc

Principais conquistas individuais

2014

Leontina Scoz - campeã com a Seleção Catarinense Juvenil

2015

Carlos Koch - campeão Brasileiro com a Seleção Catarinense Mirim

2016

Laira Silva - Campeã Brasileira Super Pré-Mirim
Laira Silva -  Campeã da Copa Brasil Super Pré-Mirim
Laira Silva - campeã do Ranking Nacional Super Pré-Mirim
Laira Silva - Campeã Estadual Super Pré-Mirim
Maria Magagnin - Campeã Estadual Mirim
Laira Silva - Medalha de bronze em duplas e equipes com a Seleção Brasileira Super Pré-Mirim no Sul-Americano
Maria Magagnin - Vice-campeã dos Jogos Escolares de Santa Catarina - 12 a 14 anos
Maria Magagnin - 4 medalhas nos Jogos Escolares da Juventude
Maria Magagnin - Campeã da Copa Brasil Absoluto B

2017

Laira Silva - Campeã por equipes com a Seleção Brasileira Mirim no Latino Americano
Laira Silva e Maria Magagnin  - campeãs brasileiras com a Seleção Catarinense Mirim
Leontina Scoz - Campeã brasileira com a Seleção Catarinense Adulta
Leontina Scoz - Campeã da Copa Brasil Absoluto C
Maria Magagnin - Bicampeã Estadual Mirim
Maria Magagnin - Campeã dos Jogos Escolares de Santa Catarina - 12 a 14 anos
Maria Magagnin - 03 medalhas nos Jogos Escolares da Juventude

2018

Laira Silva - Campeã da Seletiva para a Seleção Brasileira Mirim
Laira Silva - Campeã Estadual Mirim
Enzo Miranda - Campeão do Ranking Nacional Pré-Mirim
Maria Magagnin - Bicampeã dos Jogos Escolares de Santa Catarina - 12 a 14 anos
Enzo Miranda - Campeão da Copa Brasil Pré-Mirim 
Laira Silva - Campeã da Copa Brasil Absoluto C
Érica Peters - Campeã da Copa Brasil Absoluto B
Patricia Horongozo - Campeã da Copa Brasil Lady

2019

Ana Peters - Campeã Estadual Super Pré-Mirim
Ana Peters - Campeã Copa Brasil Super Pré-Mirim
Natalie Ribeiro - Campeã Estadual Mirim
Leontina Scoz - Campeã brasileira e do Ranking Nacional Absoluto B
Isabela Paterno - Campeã Brasileira e do Ranking Nacional Pré Mirim
Enzo Miranda - Campeão brasileiro com a Seleção Catarinense Pré-Mirim
Laira Silva Vice-campeã dos Jogos Escolares de Santa Catarina 12 a 14 anos

Fonte: Antonio Prado/Fesporte

PUBLICIDADE

Publicidade
Publicidade
Publicidade