publicidade

Barra do Trombudo será contemplada com quadra de esportes


Inauguração da quadra acontece dia 11 de dezembro por meio de projeto financiado pelo FIA


Escrito em 09/12/2021


A Prefeitura de Rio do Sul, por meio da Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social (Seades) e Fundação Municipal de Desportos (FMD), realiza a inauguração de uma quadra de areia no bairro Barra do Trombudo. A construção de um espaço de lazer é resultado de aprovação do projeto ‘Futebol em escala: no compasso da cidadania’, financiado pelo Fundo da Infância e Adolescência (FIA). A inauguração ocorre às 9h, no próximo dia 11, com uma partida de futebol entre os times da Associação de Moradores da Barra do Trombudo e Moradores do Condomínio Residencial Luiz Demarchi. A quadra fica anexa ao condomínio residencial Luiz Demarchi.

O valor do convênio é de R$ 35 mil e a estimativa é atender cerca de 50 famílias.

O gestor da Seades, Ricardo Pinheiro, explica que “a quadra servirá para atividades esportivas e socioeducativas voltadas à promoção da saúde de crianças e adolescentes. A intenção também é usar o espaço coletivo para ações de educação ambiental para a comunidade”. O prefeito, José Thomé, salienta a importância de ações dessa natureza que “é uma forma concreta de falarmos em inclusão social de crianças e adolescentes por meio do esporte. Com esta ação incentivamos a socialização dos moradores do bairro”.

Já existe um cronograma de atividade para crianças e adolescentes com idade entre oito e 17 anos. O Departamento de Habitação da Seades realizou levantamento de dados para construção de diagnóstico social para definir o perfil dos moradores do conjunto habitacional. Além do futebol, o projeto ainda contempla incentivo a esportes como vôlei, futevôlei e à proteção e ações educativas que enfatizam a defesa de direitos sociais.

“Agora a comunidade da Barra do Trombudo terá mais uma opção de espaço que reúne alternativas de educação e cidadania, promoção da saúde e também responsabilidade ambiental. Utilizamos o esporte como ferramenta de inclusão e superação de desigualdades visando a transformação social da comunidade”, pontua Pinheiro.

Fonte: Mário Dáud/Assessoria

Veja as fotos:

PUBLICIDADE

Publicidade
Publicidade
Publicidade